VOLTAR

Índios de Mongaguá se dizem esquecidos pela Funai

A Tribuna (Santos-SP)
Autor: Luiz Marcello Ferreira
09 de mai de 1993

As 49 famílias Guarani que vivem na aldeia Boirentan, em Mongaguá (SP), estão revoltadas com o esquecimento dos órgãos governamentais, como o Funai e o Ministério da Saúde. Segundo eles, muitas promessas foram feitas, mas continuam sem solução problemas antigos, como a falta de escolas e assistência médica.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.