VOLTAR

Índios dançam "antiguassu" e pedem justiça

Correio do Estado (MS)
30 de mar de 1993

Mantidos à distância pela polícia, um grupo de índios Guarani Kaiowá, Terena e Guató realizaram váras vezes, em frente à Câmara Municipal de Ponta Porã (MS), onde foi realizado o julgamento do acusado pela morte de Marçal de Souza, o "antiguassu", ritual em que pedem aos deuses a vitória da Justiça e da verdade.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.