VOLTAR

Índios atacam brancos porque são roubados

Folha da Tarde
04 de out de 1971

Cerca de 800 índios Kulina atacaram e tentaram incendiar a cidade de Envira, no alto Juruá, provocando a fuga de centenas de habitantes. O desrespeito aos limites das terras indígenas continua sendo apontado como fator principal das constantes ações de guerrilha desencadeadas pelos índios. As investidas contra terras indígenas foram apontadas em relatório elaborado por um GT do governo, ainda confidencial, mas que mostrará inconsistência da legislação que ampara o índio brasileiro, frisando que, no caso dos índios "sempre de maneira ilegítima por fraude ou violência foram as terras tiradas a seu dono. E não raro, para legitimar o esbulho, há uma lei ou um ato administrativo qualquer".

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.