VOLTAR

Índios aproveitam e protestam

Diário Popular (São Paulo - SP)
30 de nov de 1988

JOÃO PESSOA - Apro­veitando a presença da pre­feita eleita de São Paulo,
Luíza Erundina de Souza, os índios remanescentes da re­serva potiguara da baía da Traição, a 80 km de João Pessoa, protestaram, ontem à tarde, contra a demora no processo de demarcação de 4,5 mil hectares da aldeia
Jacaré de São Domingos.
O protesto, com faixas, cânticos e cartazes, ocorreu diante da Assembléia Legis­lativa, onde Erundina foi homenageada em sessão so­lene. Quase 50 desses índios já vêm ocupando, com mu­lheres e filhos, a sede local da Funai há 48 dias, com objetivo de pressionar o Go­verno Federal a apressar os trabalhos de demarcação.
O assunto vem sendo ana­lisado, em Brasília, desde o dia 4 dé outubro, por um grupo de trabalho formado por técnicos do Ministério protestam do Interior, Ministério da Reforma e Desenvolvimento Agrário, Funai e Conselho de Segurança Nacional.
Depois da sessão na As­sembléia de João Pessoa, Erundina e o vereador Eduardo Suplicy, que a acompanha na viagem, se­guiram de carro para Cam­pina Grande, onde à noite, a prefeita deu a aula inau­gural aos alunos da Univer­sidade Estadual da Paraíba.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.