VOLTAR

Índios ameaçam matar invasores

A Crítica (Manaus)
Autor: Irineu Machado
03 de jun de 1996

Os índios Tembé, da reserva do Alto Rio Guamá, no nordeste do Pará, declararam guerra aos posseiros de vila Livramento, situada dentro da reserva (a 250 km de Belém), como vingança pela prisão de 77 índios na última quarta-feira. Segundo relatos, os Tembé afirma categóricamente que não vão mais aceitar invasores na reserva, problema com o qual vêm lidando há mais de três décadas. A reportagem traz alguns trechos de entrevistas realizadas com líderes do povo Tembé, na entrada da reserva, como Edinaldo Tembé, que disse que os índios decidiram "descontar a humilhação e a violência que sofreram". Outro líder disse que os índios deverão esperar as negociações que devem começar nesta semana em Belém com representantes do Incra, Funai e Ibama, para solucionar os problemas de invasão e exploração da reserva de modo pacífico.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.