VOLTAR

Índios alertam para perigo de conflitos em Caieiras Velhas

A Gazeta (Vitória - ES)
03 de dez de 1982

Tupiniquim advertem a Funai que a situação em Caieiras Velha é tensa e que, se não for paga rapidamente a indenização devida aos posseiros que vivem na reserva indígena, a tensão pode se transformar em uma guerra. Os índios encontram-se pressionados pelos posseiros e ameaçados de morte pela própria polícia, caso algum deles vá à Aracruz. O principal e mais violento conflito ocorreu na quarta-feira, quando a indígena Helena foi presa, acusada de esfaquear o subdelegado de Coqueiral, em defesa de seu irmão. As mulheres Tupiniquim afirmam que Helena, que está grávida de 4 meses, foi espancada pelos policiais, jogada no meio da rua e arrastada pelos cabelos até a viatura. Na delegacia, a índia afirma que foi violentada e espancada novamente, podendo ter perdido seu bebê.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.