VOLTAR

Índio reafirma que ocorreu o envenenamento

Correio Braziliense (Brasília - DF)
30 de out de 1980

Revoltado, o cacique Xavante Mário Juruna reagiu diante da nota à imprensa divulgada à tarde pela Funai, desmentindo a morte de seis crianças indígenas da reserva de Parabubure por envenenamento. Juruna não apenas reafirmou as mortes como também a informação dada pelo Cimi de que 30 índios da reserva estavam internados na Casa do Índio.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.