VOLTAR

Índio protesta contra leilão de uma fazenda

O Popular
01 de dez de 1992

Índios Xavante da aldeia Água Branca, município de Canarana, e membros do Cimi protestaram na porta do Castro's Hotel, em Goiânia, contra o leilão de 65 mil 960 hectares da Fazenda Suiá Missu (MT), de propriedade do grupo italiano Agip Liquegás. Eles temem que na área leiloada possa haver trechos de terras do território dos Xavante. Segundo liderança Xavante, os indígenas não estão questionando a legalidade do leilão, mas sim o momento inoportuno de sua realização: "Não era hora de fazer esse leilão, primeiro era preciso demarcar a área indígena". O grupo que protestava foi impedido de participar do leilão pelos promotores do evento.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.