VOLTAR

Índio mata primo com um tiro de espingarda na aldeia Ricardo Franco

O Mamoré - http://www.omamore.com.br
15 de ago de 2010

Após uma discussão na aldeia indígena Ricardo Franco, área rural do município de Guajará-Mirim, um índio tirou a vida do próprio primo, na noite de sexta-feira (13).

De acordo com dados repassados do acusado, Miguel Wajuru, 45 anos, residente na aldeia Ricardo Franco, estava participando de um mutirão no local juntamente com outros índios, onde ingeriam "Chicha", após uma discussão com o cunhado Matin Canoé, o mesmo foi até sua residência, localizada a 2 km do local do fato. Com a espingarda na mão, Miguel seguia caminho ao deparar-se com um homem, acreditando ele ser Matin, não pensou duas vezes e deflagrou contra o peito do desconhecido. A vítima caiu a solo, foi quando Miguel percebeu que tratava-se de seu primo Raimison Wajuru, 20 anos.

Sem saber o que fazer, o acusado disse que se escondeu em um matagal e posteriormente retornou a sua residência. Por volta de 01h de sábado (14), uma equipe de policiais federais e militares do Exército, em ação conjunta na Operação Curare, passavam pela aldeia quando foram avisados pelos índios do fato. A equipe retornou no sábado (14), conseguindo naquela tarde prender o suspeito, apontado pela esposa de Raimison que assistiu o crime. Entregue na 1ª Delegacia de Polícia Civil, Miguel foi enquadrado no delito de homicídio, realizado pelo Delegado Renato César Morari.

http://www.omamore.com.br/wordpress/?p=16261

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.