VOLTAR

Índio fica com cabeça de índio como troféu da guerra de tribos

Jornal do Brasil (RJ)
27 de abr de 1983

O delegado da Funai de Belém, Paulo César Abreu, está preocupado com a frequência dos ataques dos índios Parakanã, o que só acontecia de quatro em quatro anos, e atribui o fato à situação dramática que estariam vivendo os 100 índios arredios, cada vez mais acossados pelos projetos de colonização do Incra e pelos Araweté, inimigos milenares.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.