VOLTAR

Indigenista contra idéia de alterar Estatuto do Índio

Diário de Brasília
06 de fev de 1975

A alteração do Estatuto do Índio, para facilitar a emancipação coletiva, anunciada pelo Ministro Rangel Reis na entrevista em que falou da irreversibilidade da construção da estrada Manaus-Caracaraí, foi condenada pelo presidente do Cimi, Padre José Vicente César, afirmando que "não está certo mudar um instrumento que mal entrou em vigor". Vicente César disse ainda que estão sendo completados os preparativos para transferência de índios Guarani de Minas Gerais para Porto Seguro, na Bahia.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.