VOLTAR

Índia de 55 anos vence prova olímpica

O Globo (Rio de Janeiro - RJ)
28 de abr de 1995

Apesar da vida difícil, a índia de 55 anos, Dalva Maria de Souza Ferreira, do grupo Guató, conseguiu alcançar o primeiro lugar na prova de cabo-de-guerra. Para explicar sua vitalidade, a índia afirmou o costume de comer muito peixe. Os Guató, também chamados de índios canoeiros do Pantanal, decidiram participar dos jogos para chamar a atenção das autoridades para a situação de miséria em que vivem e para demonstrar a resistência do grupo.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.