VOLTAR

Incêndio em reserva dos índios Bororos consome 4,5 mil hectares

24 horas News-Cuiabá-MT
Autor: Ana Bustamante
25 de set de 2003

O incêndio na aldeia Tadarimana está controlado. Hoje pela manhã, cerca de 70 homens trabalharam fazendo um acero e contra-fogo para poder conter o avanço das chamas. Agora à tarde pequenos focos que sobraram estão sendo apagados com abafadores. Até o momento estima-se que o incêndio tenha destruído 4,5 mil, dos 11 mil hectares da reserva indígena dos Bororos.

O chefe do Ibama, Francisco Gimenes Córdon ressaltou que hoje pela manhã chegou reforço do Corpo de Bombeiros de Cuiabá e homens do Prevfogo para auxiliar no trabalho que já durava dois dias na aldeia. "O fogo está controlado, mas não extinto. Vários homens estão no local apagando pequenos focos e cuidando para que o fogo não atravesse o rio e passe a queimar também fazendas", ressaltou.

Hoje pela manhã técnicos do Ibama sobrevoaram o local. O perito em incêndio, Edinaldo Neves Silva, disse que somente a área da aldeia foi queimada. Ele ressaltou que o Ibama deverá apurar as causas do incêndio. "Não sabemos se foi alguém que passou pela aldeia e queimou alguma coisa ou se foram os próprios índios que atearam fogo e acabaram perdendo o controle das chamas", disse.

O fogo chegou próximo as ocas dos Bororos, que não chegaram a ser atingidas porque há uma extensão de terra razoável entre as árvores e os abrigos dos índios. Os peritos esperam ajuda da chuva para extinguir de vez o perigo do fogo se propagar novamente.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.