VOLTAR

Inauguração de escola na aldeia Tanajura concretiza esforços de indígenas e MPF/RO em Guajará-Mirim

MPF mpf.mp.br
01 de jun de 2015

A Escola Indígena de Ensino Fundamental e Médio Marechal Rondon, na aldeia Tanajura, em Guajará-Mirim (RO), foi inaugurada na última terça-feira, 30 de maio. A escola vai atender cerca de 100 alunos e é a concretização de reivindicações e esforços dos indígenas daquela região, com apoio do Ministério Público Federal em Rondônia (MPF/RO).

A procuradora da República Daniela Lopes de Faria explica que "a escola é um passo importante para solucionar um problema antigo nas aldeias: a falta de acesso dos indígenas ao ensino médio". Ela relata que as aldeias indígenas no município de Guajará-Mirim são de difícil acesso, em viagens que demoram horas e até dias. Com isso, os estudantes indígenas precisavam morar na cidade para continuar os estudos, o que exige que eles possuam dinheiro para custear suas despesas com alimentação e habitação, além de comprometer seu modo de vida original.

Em 2015, um projeto inovador foi discutido e aceito pelas comunidades indígenas: o ensino médio telepresencial, com aulas transmitidas via satélite, em tempo real e com a possibilidade de interação. Cinco aldeias da região serão as primeiras contempladas - aldeias Tanajura, Rio Negro Ocaia, Lage Novo, Sotério e Ricardo Franco. A inauguração da escola na aldeia Tanajura marca o começo do projeto.

A escola terá aparelho de TV, microfone, computador, câmera, nobreak e acesso à Internet. Em um estúdio, o professor ministrará suas aulas, poderá ver e escutar seus alunos, tirando as dúvidas sobre os conteúdos de sua disciplina. Nas aldeias, cada sala terá um monitor (professor indígena) que vai auxiliar os estudantes na compreensão dos assuntos, fazendo a tradução do português para a língua indígena, se for necessário.

Construída por meio do Programa Integrado de Desenvolvimento e Inclusão Socioeconômica do Estado de Rondônia, com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES), a escola na aldeia Tanajura tem quatro salas de aula, pátio coberto, cozinha, hall, alojamentos masculino e feminino, banheiros masculino e feminino e uma área de 428 metros quadrados. O valor da obra foi de mais de R$ 431 mil.

http://www.mpf.mp.br/ro/sala-de-imprensa/noticias-ro/inauguracao-de-esc…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.