VOLTAR

Igreja é acusada de provocar conflitos

Folha de Boa Vista (RR)
17 de jul de 1987

Dom Aldo Mongiano e os padres da Diocese de Roraima estão sendo acusados pela Secretaria de Segurança de Roraima como autores de uma "manobra de guerrilha" que culminou com a invasão da fazenda Guanabara e sequestro de três trabalhadores que teriam sido torturados e mantidos em cárcere privado. Os índios Makuxi que lideraram a ação estão sendo mantidos na Penitenciária Agrícola de Boa Vista.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.