VOLTAR

Igreja decide-se por uma visão própria da Amazônia

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
30 de mai de 1972

Em reunião realizada em Santarém, religiosos da Igreja Católica reformularam inteiramente o texto da Pastoral da Estradas, um dos programas de emergência vinculado ao plano da Pastoral da Amazônia. O objetivo da ação nas estradas é entender e atuar na nova situação, forçada ou não, de formação de aglomeradas humanos ao longo das novas rodovias, que fazem parte do projeto de desenvolvimento implantado pelo governo. O plano inicial propunha colaboração entre a Igreja e o governo, porém alguns religiosos o rejeitaram, preferindo defender uma visão própria de desenvolvimento para a região amazônica.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.