VOLTAR

Igreja convive com orientações opostas

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
05 de mar de 1989

No Acre, também a Igreja convive com seus opostos. De um lado, a progressista, forte aliada dos seringueiros e índios. De outro, a conservadora, que defende o antigo sistema de cobrança de renda, interesse dos donos dos seringais.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.