VOLTAR

ICMBio encontra espécie rara de primata em Flona do Amazonas

A Crítica - http://acritica.uol.com.br
26 de dez de 2011

Uma espécie de sagui (primata) cujas informações científicas ainda são deficientes foi identificada na Floresta Nacional (Flona) do Purus, no Amazonas, por pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Amazônia (Cepam). O órgão é vinculado ao Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

O coordenador do projeto Primatas em Unidades de Conservação da Amazônia, Marcelo Vidal, disse que esta espécie de sagui (Saguinus fuscicollis cruslimai) é conhecida apenas por meio de uma pintura feita em 1945 pelo naturalista Éladio da Cruz-Lima. Conforme Vidal, a espécie tem local de ocorrência desconhecido e não tinha sequer um espécime coletado para sua descrição formal.

A espécie de sagui é considerada pela União Internacional de Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês) espécie deficiente em dados. Este primata é considerado os menores macacos que existem.

Marcelo Vidal destacou também que houve um passou no número de espécies registradas na Flora do Purus, passando de 12 para 15.

Crescimento

O projeto Primatas em Unidade de Conservação da Amazônia também foi realizado em outras duas unidades de conservação da região, na Flona de Tefé (AM) e no Parque Nacional (Parna) do Viruá, em Roraima.

Na Flona de Tefé foram encontrados registros de 14 espécies de primatas. Vidal afirmou que a área foi identificada como simpatria, que é o local onde coexistem duas ou mais populações de animais, das espécies Callicebus purinus e Callicebus cupreus, e o primeiro registro de Aotus vociferans.

Segundo Vidal, trata-se de um dado importante que resulta na ampliação da distribuição geográfica da espécie.

Sobre o Parna do Viruá, o coordenador ressaltou o registro pelo projeto de seis das dez espécies conhecidas para a UC, e a coleta de pêlos, sangue e tecido das espécies Cebus olivaceus, Cebus apella, Saimiri sciureus e Chiropotes sagulatus.

Os resultados do projeto foram apresentados neste mês, em Curitiba, durante o 4o Congresso Brasileiro de Primatologia.

Pesquisas

Para Marcos Fialho, analista ambiental do CPB e coordenador científico do projeto, a apresentação dos resultados no Congresso Brasileiro de Primatologia foi uma excelente oportunidade de divulgar as informações sobre a ocorrência de primatas em unidades de conservação amazônicas, estimulandoo a realização de novas pesquisas na região, a atualização sobre o status de conservação das espécies e a geração de subsídios aos planos de manejo das UC onde o projeto se desenvolve.

http://acritica.uol.com.br/amazonia/Amazonia-Amazonas-Manaus-ICMBio-enc…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.