VOLTAR

Ibama e PF deixam de vigiar mogno no Pará

Gazeta Mercantil, p.C6 (São Paulo - SP)
03 de jul de 2002

Houve uma mudança na estratégia do Ibama - PA e da Polícia Federal e da Polícia Federal a respeito das sete mil toras de mogno que foram extraídas da reserva Caiapó, na região do rio Xingu, no sul do Pará.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.