VOLTAR

Habeas corpus liberta índios presos há 16 dias em Roraima

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro-RJ)
28 de jul de 1987

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios concedeu habeas corpus a 14 índios Makuxi, na Penitenciária Agrícola de Boa Vista. Os índios, segundo a Procuradoria da Funai, foram presos por lesões corporais e cárcere privado de três empregados da Fazenda Guanabara, resultado de uma antiga disputa territorial entre as partes. Na ocasião, os proprietários da fazenda haviam cercado o único acesso dos índios ao município de Normandia.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.