VOLTAR

Guerra bacteriológica?

Diário Popular (São Paulo - SP)
Autor: Mário Ferreira Migliano
15 de dez de 1980

O indigenista Odenir de Oliveira Pinto, ex-chefe de ajudância da Funai em Barra do Garças, informou que seis índios morreram na reserva Parabubure de fortes hemorragias, causadas, ao que tudo indica, pela contaminação das águas do rio Couto de Maglhães. Ele lembra que não é a primeira vez que os indígenas são vítimas de massacres na região: na década de 1960, fazendeiros norte-americanos contaminaram os Xavante com objetos contendo o vírus da gripe.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.