VOLTAR

Guerra

Jornal do Commercio
09 de jan de 2000

Os oito mil índios mundurucus que vivem em cem aldeias dos municípios de Jacareacanga e Itaituba, definem o atendimento prestado pela Funasa (Fundação Nacional de Saúde), como "péssimo". O índice de doenças como hepatite, tuberculose e malária estão aumentando e os índios estão abandonados pela Funasa.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.