VOLTAR

Grupo se reúne para tentar resolver problemas dos índios terenas

Diário de Cuiabá (Cuiabá-MT)
01 de jun de 1998

Foi realizada uma reunião em Brasília com representantes das etnias Terena e Bororo, além do assessor da presidência da Funai, Marcos Terena, e o chefe do núcleo da Funai de Rondonópolis (MT), Denivaldo Roberto da Rocha, a fim de resolver os problemas dos Terena em relação à questão de terra na região de Rondonópolis.
No começo da década de 80 os índios Terena, oriundos da aldeia de Buriti, em Aquidauana (MS), migraram para região de Cuiabá devido ao grande aumento da população da aldeia, e consequentemente a falta de terra para todas as 800 famílias. De Cuiabá eles foram encaminhados pela Funai para a aldeia de Tamarimana, da comunidade Bororo, em Rondonópolis, onde ocuparam uma área de 400 hectares que arrendaram até 1990. Contudo, a partir de 1988 conflitos começaram a surgir, pois os Terena começaram a expandir suas lavouras para dentro da reserva Bororo. Dessa forma, os Bororo pediram a retirada dos Terena, que foram migrando para a periferia de Rondonópolis,e , agora pedem a demarcação de uma área alternativa para a criação de sua aldeia.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.