VOLTAR

Gibson diz que Brasil está cansado de ser caluniado

Jornal do Brasil (Rio de Janeiro - RJ)
08 de ago de 1972

O Chanceler Mário Gibson Barbosa disse na abertura do VII Congresso Indigenista Interamericano que o Brasil está cansado das campanhas caluniosas contra o processo de aculturação dos índios. O ministro do Interior Costa Cavalcanti enumerou os princípios que deverão guiar a delegação brasileira no Congresso. Entre os pontos destacados, a demarcação das terras indígenas e a integração dessas populações são presentes. O presidente da Funai, General Bandeira de Melo, falou sobre a política indigenista do Brasil reportando-se aos princípios estabelecidos em 1822, por iniciativa de José Bonifácio Andrade e Silva. De acordo com o relatório produzido a respeito da situação do índio, os países que mais têm se destacado em relação ao indigenismo são Peru e México.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.