VOLTAR

General diz que Funai ignorava a rota de estrada

O Estado de S. Paulo (São Paulo - SP)
05 de out de 1977

O ex-presidente da Funai, general Bandeira de Mello, revelou em seu depoimento para a CPI do Índio que a alteração no traçado incial da rodovia BR-080, que cortou o Parque Nacional do Xingu, foi feita pela Sudeco, e que o órgão foi o último a saber da mundança da rota, que inicialmente passava fora dos limites da reserva indígena. O general voltou a criticar a política adotada pelos irmãos Villas Boas no Parque Nacional do Xingu e desmentiu qualquer envolvimento seu com mineradoras atuantes em áreas indígenas.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.