VOLTAR

Fundação teme por índios que teriam massacrado expedição

Jornal do Brasil
22 de nov de 1968

Notícia trata do sumiço da expedição liderada pelo padre Calleri.
A expedição tinha como objetivo criar uma relação amistosa dos não índios com os Waimiri Atroari, para que fosse possível afastá-los da terra que hoje habitam e assim viabilizar a construção da rodovia BR-174.

Os Waimiri Atroari são acusados de terem massacrado expedições. Funai teme que haja represália contra os índios.

Notícia fala das mensagens que o padre Calleri mandava para a Funai, informando de como prosseguia o contato. A última mensagem revelava o início de um confronto.

Notícia fala também das buscas de helicóptero e avião que foram feitas na área e nada encontraram da missão.

Por último, há nessa notícia uma declaração do sertanista Noel Nutels sobre a situação dos índios e do seu direito a terra.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.