VOLTAR

Funai proíbe as notícias sobre a emancipação

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
15 de fev de 1979

Funcionários da Funai receberam ordens, através de uma circular, para não falarem sobre a questão indígena, principalmente em entrevistas à imprensa. Segundo algumas fontes ligadas ao órgão, o governo objetiva, com essa restrição, evitar que a situação no país fique mais tumultuada ainda. Nenhum funcionário da Funai comentou o pedido de emancipação do povo Kaingang, da TI Guarita, que está sendo mal vista por indigenistas e pela ANAI. Acredita-se que por trás do pedido estão interesses econômicos e pressões de empresas e fazendeiros.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.