VOLTAR

Funai proíbe a atuação de missionários

Correio Brasiliense (Brasília-DF)
07 de mai de 1988

O presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Romero Jucá, proibiu integrantes do Centro de Documentação e Pesquisa do Alto Solimões (Maguta) e do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) de entrar em áreas indígenas. A proibição se deu pelo comportamento de tais integrantes ser contrário às diretrizes da política indigenista do governo brasileiro.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.