VOLTAR

Funai nega mortes por envenenamento

A Gazeta (São Paulo - SP)
30 de out de 1980

A Funai divulgou nota afirmando que não está confirmada a suspeita de que a água do córrego Parabubure, que atravessa a reserva Xavante do mesmo nome, esteja contaminada por produtos químicos que teriam causado a morte de seis crianças. Mesmo negando as mortes, admitiu que toda aldeia foi levada à cidade para exames médicos rigorosos.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.