VOLTAR

Funai não dá a mínima para índios presos e espancados

Notícias Populares
16 de jul de 1987

O bispo de Roraima, dom Aldo Mongiano, informa que cerca de 19 índios Makuxi foram presos por policiais militares e representantes do Exército. Dois jagunços, que foram tomados como reféns pelos indígenas, já foram ouvidos pelas autoridades e liberados. O bispo afirma que os índios agiram em atitude de defesa, por estarem sendo impedidos de cultivar a roça e produzir alimentos em suas próprias terras. Dois dias antes do ocorrido, jagunços agrediram um índio e violaram sua esposa, sem que a Funai tomasse qualquer atitude.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.