VOLTAR

Funai mantém contato com o posto ameaçado por Waimiri-atroaris

O Globo (Rio de Janeiro-RJ)
09 de jan de 1974

A Funai conseguiu se comunicar com o Posto Alalaú, que está sendo ameaçado pelos índios Waimiri-Atroari. Depois de quatro dias sem contato, devido a um defeito no rádio, o sertanista Gilberto Pinto informou que "a situação na região está aparentemente calma". O motivo da insatisfação é a construção de uma ponte sobre o rio Alalaú, que está fechando o rio com escoras.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.