VOLTAR

Funai investiga morte de pescadores no Xingu

O Estado de São Paulo
09 de abr de 1991

A Funai e a Polícia Federal estão com 28 homens no Parque Indígena do Xingu para levantar as causas do conflito entre índios Crenhacarore e quatro pescadores que invadiram a reserva. Os índios teriam flechado os pescadores após um tiroteio. O presidente da Funai, Cantídio Guerreiro, afirmou que os índios agiram em legítima defesa.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.