VOLTAR

Funai envia sertanistas com policiais a aldeia atacada

O Globo (RJ)
06 de mar de 1985

No MS, a Funai enviou dois indigenistas, acompanhados por agentes da Polícia Federal a uma aldeia em Tacuru, onde 30 Guarani Kaiowá foram atacados por 24 jagunços e tiveram suas casas queimadas.
A reportagem trata também de um acordo entre a Funai e a Companhia de Desenvolvimento Agropecuário, Industrial e Mineral do Estado do Pará, por meio do qual o órgão indigenista aceitou a redução de área da reserva Alto Rio Guamá, de 278 mil para 11 mil hectares.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.