VOLTAR

Funai diz que não deixou os Gaviões ao abandono

O Estado de São Paulo
16 de dez de 1971

Os Gavião Pykopjê se deslocaram do Maranhão a Fortaleza para denunciar a situação de miséria em que vivem. Segundo a Funai, esse povo, que já têm contato permanente com os brancos, recebem sua ajuda constante.
A notícia trata ainda: da expedição chefiada por Apoena Meireles, que visa resgatar funcionários da Funai que estão sob o domínio dos Cinta Larga; da criação da reserva dos Xerente, em Tocantins; e do debate, num canal de televisão londrino indepentente, sobre a situação dos povos indígenas no Brasil, especialmente dos que habitam o Parque Nacional do Xingu.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.