VOLTAR

Funai diz não saber que há índios guaranis no Rio

O Globo (RJ)
23 de jan de 1982

Após 15 anos, a Funai soube da existênia dos Guarani Mbya no Rio de Janeiro. A declaração é do presidente do órgão, coronel Paulo Moreira Leal.
Com relação aos problemas ocorridos com os Krahô, Leal garantiu que não existe maconha na área.

O antropólogo Olímpio Serra, da ABA, divulgou ontem telegrama enviado ao presidente da Funai por 12 entidades, manifestando preocupação com a notícia de que teriam sido revogadas as 3 portarias do órgão que reconhecem serem de posse dos Nambikwara três áreas no Mato Grosso.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.