VOLTAR

Funai decide retomar sede em Cuiabá

Diário de Cuiabá
Autor: Dana Campos
08 de abr de 2008

Portaria assinada ontem, em Brasília, volta com a Executiva Regional do órgão para Capital. Expectativa é que decisão desse fim a bloqueio na BR-364

Depois de 12 dias de manifestações, com invasão do Palácio Paiaguás e bloqueio de rodovia, índios de pelo menos 11 etnias foram atendidos com o retorno da sede administrativa Executiva Regional da Fundação Nacional do Índio (Funai) para Cuiabá. A decisão foi tomada ontem pelo presidente do órgão, Márcio Meira, por meio da portaria de no 350. O documento revoga o de no 293, que determinava a transferência da sede da Executiva Regional de Cuiabá para Juína (a 735 quilômetros da Capital). A partir deste documento, a sede de Juína funcionará apenas como núcleo de apoio operacional, mas ligado diretamente a Brasília.

Segundo o cacique Manuel Rondon, da tribo dos terenas, a transferência foi tomada sem consulta prévia das comunidades, o que causou revolta aos povos indígenas que vivem nas proximidades de Cuiabá. "Dessa forma, vamos perder autonomia financeira e administrativa", disse Manuel, na ocasião em que indígenas invadiram o Palácio Paiaguás para tentar sensibilizar o governador Blairo Maggi sobre seu pleito.

Em virtude da mudança de decisão da Funai, a expectativa era que o bloqueio realizado na BR-364 pelos índios, iniciado desde as 5h45 de ontem, terminasse assim que o documento chegasse às mãos das lideranças que impediam o tráfego. Conforme a Polícia Rodoviária Federal, cerca de 400 índios, de 11 etnias, bloquearam a via na altura do quilômetro 389, próximo da ponte sob o rio Aricá. No local, os membros das comunidades indígenas impediam a passagem de veículos, dando acesso apenas a pedestres e carros com passageiros em situações de emergência. Segundo a PRF, o congestionamento sentido Cuiabá-Rondonópolis chegou a seis quilômetros na via. No destino contrário, atingiu dez. Até o fechamento desta edição, ainda não havia posição sobre o término da mobilização.

TRANSFERÊNCIA - A sede administrativa Executiva Regional da Funai de Cuiabá foi transferida para Juína por meio da portaria de no 293, publicada no dia 26 de março pela direção nacional do órgão. A alteração foi motivo para, na última quinta-feira, representantes de oito etnias invadirem o Palácio Paiaguás na tentativa de iniciar contato com a direção executiva do órgão em Brasília. Naquele dia, os indígenas ameaçaram impedir o tráfego em trechos das rodovias BR 070, 364 e 163, caso não fossem atendidos pela Funai.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.