VOLTAR

Funai controla o sarampo

O Estado de São Paulo (São Paulo-SP)
Autor: Mario Chimanovitch
17 de Nov de 1973

Surto de sarampo, que atingiu 90 e matou 4 indígenas, foi controlado no Hospital do Índio, na Ilha do Bananal.

A Funai disponibilizou um avião para o transporte dos casos mais sérios, o que possibilitou a sobrevivência de vários índios.

O sertanista Cláudio Villas-Boas elogiou a ação da Funai e discursou sobre o que deve-se esperar de uma instituição que defende os índios. Por outro lado criticou a construção da estrada BR-08, que desmembrou o Parque Indígena Xingu e colocou os Kayapó Metyktire (Txucarramãe) em contato com os não índios de maneira descuidada.

A reportagem descreve o local onde estão os Kayapó e a vila de migrantes, em situação tão miserável quanto a dos índios, que se formou perto deles. São frequentes os conflitos entre indígenas e migrantes. Os Kayapó querem destruir a vila e a Funai nada faz a respeito.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.