VOLTAR

Funai atesta que Prelazia de Roraima sabe pacificar índio

Jornal do Brasil
04 de dez de 1968

Funai atesta que Prelazia de Roraima, da qual fazia parte o padre Calleri (que foi morto pelos Waimiri Atroari junto com a sua expedição pacificadora), sabe pacificar índio. Com isso o órgão deseja afirmar que não é culpado indiretamente pelo massacre, pois a permissão dada para que a Prelazia de Roraima conduzisse a operação de pacificação dos Waimiri Atroari não foi irresponsável, e sim baseada em fatos que garantiam a capacidade do padre Calleri em comandar a expedição.

Segundo o diretor do departamento de patrimônio indígena da Funai, o padre só havia cometido um erro: o de atirar para cima pra anunciar a presença da expedição. Deste modo ele comunicou aos índios que estavam lá em guerra.
O diretor também desconfia que o mateiro, único sobrevivente do grupo, tenha tido uma discussão com os indígenas, anterior a expedição, e que isso havia estimulado o massacre.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.