VOLTAR

Funai acusada pela morte de cacique Xavante

Diário do Grande ABC (Santo André - SP)
04 de nov de 1987

Por falta de assistência da Funai morreu no último dia 24 de outubro, na reserva Kuluene (MT) o cacique Xavante Aniceto, de 41 anos. Há pelo menos três anos vinha sofrendo de tuberculose, sem o devido amparo oficial. A denúncia foi feita por Odenir de Oliveira Pinto, que também informou que o órgão vem tentando desarticular os Xavante, que são bastante aguerridos na defesa de suas reivindicações.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.