VOLTAR

Fiscalização apreende 12 metros cúbicos de madeira no Parque Nacional Monte Pascoal

ICMBio - www.icmbio.gov.br
Autor: Priscila Galvão
10 de ago de 2009

A chefia do Parque Nacional (Parna) Monte Pascoal, na Bahia, realizou, em parceria com soldados da 43o Companhia Independente de Polícia Militar, na cidade de Itamaraju, ação de fiscalização para verificar denúncia anônima, recebida dia 4 de agosto, sobre a extração e transporte irregular de madeira dentro do parque.

No local indicado, foram encontradas seis barracas de lonas plásticas, utensílios domésticos, alimentação e roupas, roletes e aproximadamente 12 metros cúbicos de madeira da espécie paraju, considerada madeira de lei (nobre da Mata Atlântica).

Pela situação do material, a madeira passaria por um processo de beneficiamento nos tornos clandestinos da região para ser vendida como artesanato.

Os produtos apreendidos foram transportados para o pátio do 43o Companhia Independente Polícia Militar de Itamaraju. Após a apreensão, foi iniciado o processo administrativo e criminal na Justiça para se tentar identificar os infratores.

A madeira "paraju" é pesada, tem cor vermelho-chocolate, com detalhes levemente arroxeados. Por ser de alta resistência e ter boa durabilidade, é indicada para construção de estruturas externas, postes, estacas, mourões em construção civil, como vigas, caibros, tábuas e tacos para assoalhos.

O Parque Nacional Monte Pascoal sofre muitas agressões desse tipo.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.