VOLTAR

Fazendeiro nega massacre

Jornal do Comércio (Porto Alegre-RS)
03 de mai de 1988

O fazendeiro Oscar Castelo Branco, principal suspeito de ser o mandante do massacre contra os índios Ticuna, negou em depoimento à Polícia Federal qualquer envolvimento com a chacina, alegando que no momento do conflito no Igarapé Capacete ele se encontrava no município de Benjamin Constant.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.