VOLTAR

Faltam recursos para conter a devastação

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
23 de jan de 1979

A situação da fiscalização florestal no Brasil é extremamente precária. A equipe conta com a presença de 3 mil homens para fiscalizar áreas que abrangem todo o território nacional. Caso eles fossem distribuídos igualmente por toda a superfície nacional, cada um teria para si cerca de 156 mil hectares para fiscalizar. Isso facilita a atuação daqueles que devastam as florestas, uma vez que os risco de serem encontrados por fiscais é pequeno.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.