VOLTAR

Extinção total ameaça os últimos tupiniquins

O Estado de S.Paulo (São Paulo - SP)
18 de jul de 1975

José Geraldo Itatuitim, sertanista da Funai, encontrou um grupo de índios da etnia Tupiniquim vivendo a apenas 30 km de Vitória semi-integrados e conservando apenas algumas de suas antigas tradições. Há cerca de três anos, essa etnia enfrenta a chegada da empresa Aracruz Florestal, que cultiva eucalipto por quase toda a região, restando aos Tupiniquim cerca de 30 choças apenas. A reportagem traz informações sobre a história do contato desse povo com os portugueses e sobre as ameaças que já enfrentaram por parte de madeireiros e da Companhia Ferro e Aço, em busca de carvão vegetal.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.