VOLTAR

Exposição e prêmios encerram concurso fotográfico em Canarana (MT)

ISA - www.socioambiental.org
18 de nov de 2010

Mais de 400 pessoas estiveram presentes no encerramento do concurso fotográfico "Eu e o Cerrado em Canarana", no dia 9 de novembro último, na Câmara Municipal de Canarana. Além de coquetel de frutos do cerrado e da inauguração da exposição itinerante com as fotos selecionadas, foram entregues nove prêmios e quatro menções honrosas aos autores. As imagens concorrentes foram inscritas em três categorias: Povos do Cerrado, Biodiversidade do Cerrado e Curiosidades do Cerrado.

O concurso fotográfico foi inaugurado em 11 de setembro, em comemoração ao dia do Cerrado, bioma que está presente em 20% do território nacional e é considerado a savana mais biodiversa do mundo. O concurso foi realizado pelo ISA no âmbito da Campanha Y Ikatu Xingu, e faz parte da agenda socioambiental de Canarana, criada em uma parceria entre a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente (Seagri), ISA, Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec), Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e Prefeitura Municipal.

Cristina Velásquez, assessora do ISA e organizadora do evento, explica que o objetivo da iniciativa era estimular as pessoas a conhecer mais sobre o Cerrado, bioma que recobre 55% do município de Canarana. "A ideia é fazer com que as pessoas entrem em contato com a riqueza de espécies que temos em nosso município. Ao participar deste concurso, essas pessoas são estimuladas a olhar de outra maneira para o lugar onde moram".

Parcerias

A realização do concurso fotográfico "Eu e o Cerrado em Canarana" foi viabilizada através do apoio das instituições parceiras: Ecoar Comunicações, Ana Gonçalves Studio digital, Restaurante Chopinho, Sistema de Crédito Coorporativo (SICREDI), Seagri, Jornal O Pioneiro, Escola de Idiomas Fisk, rádio Araguaia FM, rádio Vida Nova FM, Associação dos Representantes de Defensivos Agrícolas do Vale do Araguaia (Ardava) e Canarana TV.

Os apoiadores entregaram os prêmios aos vencedores e discursaram sobre a iniciativa. "Atividades como esta nos levam a enxergar nossa região de forma diferente. Temos muita riqueza natural à nossa volta e nossas ações precisam refletir isso", afirmou Marcelo Maceo, presidente da Ecoar Comunicações, um dos participantes da comissão julgadora do concurso e apoiador da iniciativa. "Hoje todo mundo tem uma câmera fotográfica ou um celular que tira foto, então é muito interessante dar oportunidade para que as pessoas usem seus equipamentos para desenvolver trabalhos culturais como este", disse a fotógrafa Ana Gonçalves, também participante da comissão julgadora.

Prêmios

Os três autores das fotos vencedoras de cada categoria foram premiados com um cheque no valor de R$ 100,00 pagos pelo SICREDI. Os segundos lugares receberam R$ 80,00 pagos pela Ardava, e os terceiros lugares R$ 60,00 pagos pelo ISA. Todos os cheques são destinados a abertura de poupança no SICRED. Os quatro autores das imagens que receberam menção honrosa foram premiados com mochilas entregues pela Escola de Idiomas Fisk.

Exposição itinerante

As fotos premiadas poderão ser vistas pelo público na exposição itinerante "Eu e o Cerrado em Canarana", composta por 26 imagens, que ficará uma semana no restaurante Chopinho, a partir do dia 11 de novembro, e depois passará pelo SICREDI, por escolas do município e supermercados.

http://www.socioambiental.org/nsa/detalhe?id=3213

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.