VOLTAR

Experiências de sucesso na agricultura sustentável são apresentadas em audiência

Agência Câmara - http://www2.camara.leg.br/camaranoticias
22 de nov de 2016

Experiências de sucesso na agricultura sustentável são apresentadas em audiência

Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Experiências bem-sucedidas na área de agricultura sustentável foram apresentadas nesta terça-feira (22) em audiência pública da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Susutentável da Câmara.
Entre elas está a agrofloresta, que integra culturas agrícolas com espécies arbóreas nativas, utilizadas para restaurar florestas e recuperar áreas degradadas
A tecnologia minimiza riscos de degradação inerentes à atividade agrícola, otimiza a produtividade e ainda evita a perda de fertilidade do solo e o ataque de pragas.
Referência internacional em sistemas agroflorestais, o pesquisador suíço Ernst Götsch, que chegou ao Brasil nos anos 1980, desenvolveu em uma fazenda no sul da Bahia, com 500 hecatres de terra improdutiva, uma técnica de plantio cujos princípios e práticas podem ser aplicados a diferentes ecossistemas.
Hoje, na fazenda Olhos d'Água, a Mata Atlântica ressurgiu, com todas as suas características de flora e fauna. "Chego cada vez mais firme à conclusão de que temos que trabalhar para criar sistemas de produção parecidos aos ecossistemas naturais e originais, parecidos no seu modo de funcionar, na sua dinâmica e no seu estruturamento. Isso não exclui a soja e o milho, só nos traz para um outro patamar", disse Gotsch.
Autor do pedido para a realização da audiência, o deputado Augusto Carvalho (SD-DF) relatou visita que fez a duas propriedades de Ernst Götsch e destacou a recuperação da Mata Atlântica na Bahia, a produção em grande escala de frutíferas e a criação de gado sustentáveis, esta última na fazenda da Toca, em São Paulo.
Cooperfloresta
Analista ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio) Walter Steenbock explicou a experiência da Cooperfloresta em São Paulo e no Paraná.
"É entrar na floresta, produzir alimentos e não domesticar completamente a paisagem para isso. Produz-se muita biomassa a partir de capim e, por meio do uso em consórcios desse capim, ele é utilizado para adubação e cobertura do solo nos canteiro."
Segundo Steenbock, a grande quantidade de biomassa colocada nos canteiros "ativa a microbiota do solo, os microorganismos que vão liberando nutrientes, especialmente fósforo, e estimulam a produtividade inicial."
Também autor do requerimento para a audiência, o deputado Nilto Tatto (PT-SP) ressaltou a necessidade de aprofundar o debate na Câmara sobre agricultura sustentável. "Não dá mais para termos o título de país que mais usa agrotóxicos. A população do mundo não quer mais consumir veneno", destacou, lembrando a importância da produção agrícola para as exportações e o equilíbrio da balança comercial.
Métodos tradicionais
Rodrigo Justus de Brito, presidente da Comissão Nacional do Meio Ambiente da Confederação Nacional da Agricultura, disse que, embora haja muitas críticas ao sistema tradicional de produção de alimentos, é ele que mantém os níveis altos da produtividade agrícola brasileira, permitindo a conservação de biomas nacionais como a Floresta Amazônica, o Cerrado e a Caatinga, pois do contrário seria necessário desmatar para ampliar a área cultivada
Diretor-executivo da Associação dos Produtores de Soja do Brasil, Fabrício Rosa destacou que o Brasil é o segundo maior produtor mundial, atrás de Estados Unidos, e que a soja é o primeiro item da pauta de exportação do país.
Quilombolas
Anna Maria Andrade, antropóloga do Instituto Socioambiental (ISA), apontou a importância de associar a agricultura sustentável às comunidades tradicionais, como o quilombo de Bombas no Vale da Ribeira (SP).
"Há benefícios para segurança alimentar dessas comunidades, mantendo a variedade de cultivares, mas também benefícios culturais, porque a roça é uma forma de expressão da relação com a terra e faz parte da identidade do grupo", explicou.
Reportagem - Geórgia Moraes
Edição - Rosalva Nunes

http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/MEIO-AMBIENTE/519796-…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.