VOLTAR

Expedição que passou 33 dias na região do rio Iriri retorna à Guanabara

Folha da Tarde (São Paulo - SP)
21 de mai de 1962

Depois de 33 dias de expedição pela região dos rio Iriri, Baú, Curuá e Pititiá, na tentativa de identificação e contato com os matadores do pesquisador inglês Richard Mason, o sertanista Francisco Meireles, do serviço de Proteção aos Índios, regressou à Ilha de Guanabara, mas pretende voltar, em nova busca, em agosto, quando as condições climáticas forem mais favoráveis.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.