VOLTAR

'Exércitos' caçam predadores no Amazonas

Folha de S.Paulo (São Paulo - SP)
20 de jun de 1993

Pescadores e ribeirinhos (moradores das margens dos rios) do Amazonas estão formando "exércitos ambientais" para evitar a pesca predatória. Eles adaptaram a tática do 'empate', usada por seringueiros no Acre, para manter intocados os lagos de procriação de peixes e de pesca de subsistência.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.