VOLTAR

Estrada no Amapá corta reservas extrativistas

Correio Braziliense
19 de jan de 1991

O governo do Amapá e a Empresa Jari estão abrindo uma estrada de 200 quilômetros, que corta as reservas extrativistas daquele Estado.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.