VOLTAR

Encontro termina com passeata ao Xingu

amazônia.org
23 de mai de 2008

O último dia do Encontro Xingu Vivo para Sempre, que aconteceu em Altamira (PA), desde segunda-feira (19) até hoje (23), foi marcado por uma passeata e um ato público na cidade, com todos os participantes do evento. A concentração foi no Ginásio Municipal de Altamira e a passeata terminou à beira do rio Xingu. Nela, participaram mais de 3.000 pessoas.

As falas que fecharam o evento foram para reforçar as propostas já debatidas e apresentadas no decorrer do evento, em especial a realização de consultas às populações locais sobre os empreendimentos hidrelétricos.

Está sendo formatada uma carta final com as propostas e reivindicações dos participantes. A expectativa é na segunda-feira (26) fique pronta, já que será necessário juntar os diferentes textos dos grupos de trabalho.

O evento
Com o objetivo de discutir o projeto de construção da Hidrelétrica de Belo Monte, planejada pelo governo, mais de mil pessoas, entre indígenas, ribeirinhos, ambientalistas e interessados pelo tema estiveram reunidos em Altamira, no Pará, para o Encontro Xingu Vivo para Sempre. Entre os participantes estavam mais de 800 índios representado cerca de 20 etnias.

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.