VOLTAR

Empresa cria reservas para frear desmatamento da Amazônia

A Crítica - http://acritica.uol.com.br/
Autor: Carolina Silva
20 de set de 2011

Proprietária de uma área com mais de 15 mil hectares destinada para a preservação sustentável no Município de Manicoré, a 332 quilômetros de Manaus, a Empresa Brasileira de Conservação de Florestas (EBCF) visa somar um total de 1 milhão de hectares em áreas na Amazônia até o ano de 2015. "Nosso objetivo é frear o desmatamento e as ações de degradação ambiental nessas áreas", destacou Valdenor Costa Júnior, diretor de Florestas da EBCF.

Segundo ele, as áreas serão Reservas Particulares de Desenvolvimento Sustentável (RPDS), nas quais serão desenvolvidos projetos de preservação, embora sejam executadas atividades de exploração dos recursos naturais existentes. As futuras Reservas da EBCF irão integrar o programa de conservação das florestas nativas em risco ambiental. Em novembro do ano passado, a empresa e a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS) anunciaram a criação da primeira Reserva Particular de Desenvolvimento Sustentável do Estado.

A reserva Amazon Rio II, localizada no lado esquerdo do rio Madeira, abrange oito áreas interligadas, com títulos definitivos individuais e que terão a gestão unificada para a EBCF e serão monitoradas pela mesma. A nova reserva ocupa uma área total de 23,2 milhões de metros quadrados. Assim como em Manicoré, as próximas Reservas de propriedade da EBCF também receberão a implantação de atividades de manejo não-madeireiro, com suporte técnico e científico, para a geração de renda para os moradores das comunidades no entorno das áreas. "Nessa Reserva Amazon Rio II iremos desenvolver projetos de manejo com frutos, sementes, óleos, além do aprimoramento da agricultura, atividade já existente nas comunidades ali próximas", frisou Valdenor.

O suporte logístico para a escoação da produção também será oferecido pela EBCF aos moradores das comunidades Água Azul, Boa Esperança, Uricuri, Pandegal, Vista Alegre, Santa Eva e Democracia que ficam no entorno da Amazon Rio II . "Essa ainda é uma dificuldade enfrentada por esses produtores, então vamos atuar na elaboração de projetos de capacitação no período de quatro anos para que posteriormente seja feito apenas um monitoramento", salientou o diretor de Florestas da EBCF. Aproximadamente, 130 moradores serão beneficiados com o projeto da Empresa Brasileira de Conservação de Florestas. Na área da Reserva também existem nascentes que formam, dentre outros, os igarapés Matupiri, Jatuarana e Pequiá, contribuintes da Bacia Hidrográfica do rio Manicoré.

http://acritica.uol.com.br/manaus/Manaus-Amazonas-Amazonia-Empresa-rese…

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos. Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.